6 de setembro de 2012

É a Espanha!...

Na tarde que cai, ergue-se, claro, o latim andaluz dos salmos.

Juan Ramón Jiménez, Platero e Eu, tradução de José Bento, Lisboa, Livros do Brasil, s.d., p. 67.

Sem comentários:

Enviar um comentário