23 de abril de 2019

«E, deixem-me dizer-lhes,

se entrassem na nossa sala dos criados em qualquer dessas noites, não teriam ouvido mera tagarelice; o mais provável seria assistirem a debates sobre as grandes questões que preocupavam os nossos patrões, no andar de cima, ou então sobre assuntos importantes relatados pelos jornais.» Kazuo Ishiguro, os Despojos do Dia [1989], trad. Fernanda Pinto Rodrigues, Lisboa, Gradiva, 1991, p. 20. 

Sem comentários:

Publicar um comentário