6 de março de 2019

a chegada da família real ao Porto

«Afinal chegava o cortejo. Os foguetes estouravam com um estampido digno do município; os vivas elevavam-se em um crescente ameaçador; uma nuvem de crianças precedia os batedores; tudo falava na sua passagem, tudo arrastava consigo; o povo pendurava-se às portinholas do carro em que vinha a família real, devorava com o olhar a rainha, o rei e os príncipes, e ficava como que espantado de os ver rir e conversar como simples mortais.» Júlio Dinis, Serões da Província [1870], Domingos Barreira Editor, Porto, 1945.

Sem comentários:

Publicar um comentário