2 de junho de 2019

sem trabalho e sem abrigo

«Uma única ideia ocupava o seu cérebro vazio de operário sem trabalho e sem abrigo, -- a esperança de que o frio seria menos vivo depois do romper do dia.»  Émile Zola, Germenial [1885], tradução de Bel Adam, Lisboa, Biblioteca d'Educação Nova-Editora, 1903, p. 1. 

Sem comentários:

Publicar um comentário