22 de setembro de 2011

da alquimia enciclopedista

Ao contrário dos medíocres, que só recebem do ambiente onde vivem o que há nele de estratificado, homens como Diderot sabem seleccionar o que é raro e colher no ar o pólen doirado do que parece insignificante, para o transformar em frutos opulentos.

Jaime Brasil, Diderot e a Sua Época, Lisboa, Editorial Inquérito, 1940, p. 25. 

2 comentários:

  1. OK, estou convencido. Vou tentar ler a biografia do Jaime Brasil. Temos de nos preparar para arguir a dissertação do nosso amigo L. (lol)

    MANUEL NUNES

    ResponderEliminar